Com seu vermelho aveludado e um recorte xadrez característico, a flor que anuncia a chegada do Natal, conhecida pelo nome  científico de Euphorbia pulcherrima,  já começa a dar o seu tom encantador em diversos ambientes de casa ou no trabalho.

Em geral, a “Flor do Natal” é  muito utilizada para fins decorativos, especialmente nesta época do ano devido às suas folhas semelhantes a pétalas de flores vermelhas. Com papel de protagonista,  as partes vermelhas, na verdade, são falsas-flores ou brácteas modificadas que envolvem e protegem as flores amarelas e pequenas localizadas no centro das brácteas.

Origem

Também conhecida por bico-de-papagaio, rabo-de-arara e papagaio, cardeal, é uma planta originária do México que surge no auge do inverno – ou seja, exatamente no período do natal nos Estados Unidos ou na Europa e, justamente por isso, virou um símbolo das festas de fim de ano.

Mas você pode se perguntar: como elas resistem as  altas temperaturas nesta época do ano no Brasil?

A resposta está no cultivo repleto de cuidados e técnicas especiais mantém  as características encantadoras da flor.  Isso porque, os produtores experientes costumam manter a espécie em ambiente escuro por boa parte do ano, para retardar seu florescimento. Desta forma, próximo a época do Natal, a flor é  submetida a baixas temperaturas, o que faz seu relógio biológico reagir conforme se espera: elas se confundem e dão flor bem na virada do verão.

Cultivo em casa

Para cultivar este charme em forma de flor em casa, não é preciso ser um expert nas  técnicas dos produtores, mas vale prestar atenção em alguns cuidados essenciais. Abaixo compartilhamos um passo-a-passo  para você deixar sua casa ainda mais bonita e florida não só nesta época de festas e alegrias, mas durante todo ano. Mãos à obra!

Primeiro Passo

O primeiro passo é trocar a “Flor de Natal” do seu vaso de origem para substituir o substrato que é utilizado apenas para fazer o papel de “terra” na hora da venda. O material costuma ser leve, poroso e não possui nutrientes e muito menos, condições das plantas crescer fora da casa de vegetação onde são desenvolvidas. Dessa forma sua validade ou tempo de sobrevivência é muito baixo. Vale lembrar que ela é uma planta arbustiva que, se houver espaço, pode crescer até 3 metros de altura.

Segundo Passo

O vaso para plantio deve ser maior que o vaso onde a planta está para que ela cresça de forma saudável. É indicada a drenagem do recipiente com manta bidin, argila expandida, brita ou outro produto drenante. As camadas devem ser: elemento drenante, terra e a planta, apertando levemente para que ela firme no vaso. Após o plantio, é importante regar o vaso para hidratar a planta.

Terceiro Passo

Apesar de florescer durante o inverno, a “Flor do Natal” é uma planta que adora sol e deve ficar exposta a sua luz para crescer saudável e bonita. Em contrapartida, a espécie não tolera muito o vento, pois pode resultar em desidratação. Já a rega deve ser feita apenas quando a terra está seca. A falta de água favorece o ataque de pragas e pulgões, prejudicando ainda mais o crescimento das plantas.

Quarto Passo

Para a planta crescer bonita e saudável é adubar a terra. O ideal é utilizar produtos com todos os nutrientes na sua composição, encontrados facilmente em lojas do setor.