A busca da felicidade é o combustível que move a humanidade é ela que nos leva a estudar, trabalhar, ter fé, realizar sonhos, juntar e gastar dinheiro, fazer amigos, casar, separar, ter filhos e depois protegê-los. É também ela que nos convence de que cada uma dessas vitórias é um passo importante em nossa vida e nos dá disposição para lutar e seguir em frente.

O sentimento é tão importante para a qualidade de vida da sociedade, que em 2012, a Organização das Nações Unidas (ONU) definiu a data de 20 de março como Dia Internacional da Felicidade. O objetivo é reconhecer a relevância da felicidade e do bem-estar como metas universais e inspirações para políticas públicas em todo o mundo.

Felicidade em forma de árvore

Para celebrar a data, escolhemos compartilhar a história do bonsai que é sinônimo de felicidade e boa sorte no Japão. No Oriente, a técnica do cultivo dessas pequenas árvores é considerada uma terapia, pois exige paciência e dedicação. Para quem adora a natureza e é um apaixonado por plantas, esse é o presente certeiro.

O bonsai tem a capacidade de despertar sentimentos nobres, comuns à filosofia budista, como o respeito pela vida e paz interior. E traz sorte e alegria para quem cultiva, porém diz a tradição que é preciso ganhar a doce árvore de presente.

Pode ser do tipo amoreira, azaleia, camélia, figueira e pinheiro. A pequena planta possui três estágios de evolução, sendo o primeiro a muda em formação, depois o seu desenvolvimento e por último o bonsai formado. Ao todo, a duração do ciclo completo leva até três, e as árvores podem atingir no máximo 1,20 m.

Como cultivar o bonsai

O seu cultivo não exige muito trabalho, mas é preciso certa dose de paciência. Isso porque, a poda deve ser constante para reproduzir as imperfeições provocadas pela própria natureza, como galhos retorcidos pelo vento.

Outro cuidado deve ser com a iluminação. A planta oriental deve ficar próxima a janelas ou áreas para receber luz solar diariamente. Além disso, não esqueça de trocar a posição do vaso cada dois ou três meses para que seu perfeito equilíbrio e desenvolvimento.

Lembre-se também que o bonsai precisa de água. A rega deve ser diária, de preferência no início ou final do dia, quando a temperatura é mais amena e a absorção da umidade é feita de forma mais adequada.

Não deixe ele morrer

Apesar de serem pequenos e parecerem mais resistentes, os bonsais não deixam de ser plantas delicadas e que de exigem um mínimo de cuidado. Uma das falhas mais comuns do seu cultivo, é o uso de substâncias tóxicas como fungicidas, que não são adequadas para espécies pequenas.

Por isso, uma dica é pulverizar uma mistura de 10 medidas de água para 1 de detergente neutro se aparecerem pulgões na árvore Essa é solução caseira que pode ajudar a acabar com a praga, sem prejudicar o bonsai.

Se você gosta de Bonsai, venha em Maio até nossa Loja, teremos várias opções!