Escolher um espaço em casa para abrigar um jardim não é só uma maneira de integrar a natureza ao cenário urbano. O cultivo de flores, folhas e ervas medicinais é também uma atividade extremamente relaxante e que pode dar um chega pra lá na ansiedade e trazer mais tranquilidade aos nossos dias.

Engana-se quem acredita que a jardinagem é somente para pessoas de “dedo verde” e que não está indicada para quem enfrenta rotinas mais corridas. Isso porque qualquer pessoa pode desfrutar do encanto e frescor de ter um jardim para chamar de seu. Basta somente escolher as espécies ideais para o seu estilo de vida e de preferência que não exijam muitos cuidados.

Portanto, pegue suas luvas, um vaso, terra e prepare para cultivar o seu primeiro jardim com a nossa seleção de cinco plantas ideais para ter em casa:

 

Árvore-da-felicidade

Diz a lenda que cultivar essa espécie traz harmonia e sorte para a casa. A planta possui folhas pequenas, delicadas e de cor verde-escura. Para mantê-las bem escoradas, utilize varetas de madeira. Aceita sol pleno, meia-sombra ou luz difusa, mas ficará mais saudável e cheia de vida se der preferência para áreas mais iluminadas. A Árvore da Felicidade não tolera fumaça de cigarros, ar-condicionado ou vento em excesso.

 

Orquídea

Preferência nacional na hora de presentear amigos e pessoas especiais, as orquídeas são lindas, graciosas e ainda pedem poucos cuidados. Entre as espécies mais comuns, está a falenópsis com suas flores arredondadas que variam entre o branco, o rosa, o amarelo e a púrpura. A dica é substituir os vasos de plástico pelos de barro, pois são porosos e drenam melhor a água. Lembre-se que ela deve ser cultivada à meia-sombra, recebendo iluminação indireta e caso a coloração da folhagem estiver mais escura, é hora de transferir a planta de local.

 

Peperômia

Febre entre as blogueiras internacionais, a peperômia é puro charme com sua folhagem pendente e aspecto delicado. As folhas são suculentas e em formato de coração, geralmente em tons de verde com bordas amareladas ou brancas. A espécie é ideal para plantio em jardins verticais ou vasos suspensos. A recomendação é o cultivo à meia-sombra, pois elas suportam bem a iluminação com luz florescente.

 

Suculentas

Com raiz, talo ou folhas engrossadas, as suculentas possuem armazenamento de água para períodos prolongados. Adoráveis e fáceis de cuidar, elas costumam indicar quando precisam de água. Isso porque as folhas começam a murchar. Em contrapartida, se as folhas da base começarem a apodrecer, diminua a rega.

 

Zamioculca

Esta espécie lembra suculentas e está indicada para locais com baixa luminosidade natural, onde outras plantas dificilmente sobreviveriam. A Zamioculca chama atenção pela beleza de suas folhas brilhantes, em tom de verde bem escuro. Costuma ser tão resistente que continua linda mesmo em ambientes com ar-condicionado. A dica é não exagerar na água, neste caso é melhor deixá-la passar um pouco de sede.